Estou preparando a minha morte do jeito que eu quero

A aposentada Celina Maria Rubo, 71, decidiu pôr no papel suas vontades para o fim da vida depois que a mãe faleceu, há três anos. Ela escolheu um primo como responsável por decidir sobre um tratamento específico ao qual não quer ser submetida. “Minha mãe teve...