• O seu tempo é agora
    O seu tempo é agora

    Estes dias, uma situação inesperada me levou a uma reflexão sobre a vida e nossos grandes valores, um pensamento muito simples, que mui¬tas vezes, por não receber a devida atenção nos leva a uma conclusão equivocada ou a nenhuma. Vida corrida, a de todos nós, cada um com o seu motivo, razão ou desculpa, sempre

    Leia mais

  • A História é um culto aos mortos
    A História é um culto aos mortos

    O pesquisador português Fernando Catroga,Historiador e Professor da Universidade de Coimbra, fala sobre a morte e a relação que ela estabelece com a memória, as artes e com a própria História. Amanhã, durante o projeto Divinas Palavras, o senhor deve falar de seu livro “O Céu da Memória”. Nele, o senhor afirma que “nunca, como

    Leia mais

  • As perguntas difíceis que as crianças fazem
    As perguntas difíceis que as crianças fazem

    Numa simplificação da tradição judaico-cristã, é comum responder que quem morre vai para o céu. Não é errado recorrer a essa saída, mas é provavé que a criança fique insatisfeita com tal fórmula. Até os 4 anos Pode-se falar de morte a partir do convívio com plantas e animais. “A plantinha nasce, cresce e morre”

    Leia mais

  • Sobreviver dói
    Sobreviver dói

    Morrer dói? “A barra do amor é que ele é meio ermo A barra da morte é que ela não tem meio termo” (1) Essa pergunta não poderemos responder até que provemos a nossa própria morte. Mas, com certeza, quando atinge um dos nossos podemos dizer que sobreviver dói, o que será tanto mais intenso

    Leia mais

  • A vida de quem fica
    A vida de quem fica

    Uma mulher vai até Buda com o filho morto nos braços e suplica que o faça reviver. Buda diz a ela que vá a uma casa e consiga alguns grãos de mostarda. Mas, para trazer de volta a vida do menino, esses grãos devem ser de uma casa onde nunca morreu ninguém. A mãe vai

    Leia mais

  • A morte e o silêncio
    A morte e o silêncio

    Nos breves intervalos em que a chuva parava de cair e os raios de sol se infiltravam pelas nuvens, o arco-íris aparecia fazendo os homens se lembrar da promessa que Deus fizera depois do dilúvio: ele nunca mais permitiria que as águas destruíssem a vida. Mas parece que ele se esquecera. A chuva caia sem

    Leia mais

  • Quando Morre uma Criança
    Quando Morre uma Criança

    Diz um filósofo que toda morte de uma criança é a refutação da existência de Deus. Eu acho que cada morte de uma criança enfatiza o mistério no qual estamos mergulhados, e que não é silencioso: ele fala alto. Então nos atordoamos para não ouvir, fugimos dele para não o perceber, recorremos a mil atividades

    Leia mais